Como fazer correções?

junho 12, 2008 by

O que está na foto é praticamente um  milagre. Mas é tudo fruto de uma maquiagem que não serve de máscara, mas que corrige os principais pontos fracos e ressalta pontos fortes.

1° Passe base por todo o rosto. Se for liquida faça pequenas bolinhas aletórias pelo rosto e depois espalhe com a ponta dos dedos. Se for pó, passe tudo com um pincel ou esponja ( eu prefiro esponja). Olhe de perto e depois de longo para ter certeza que seu rosto ficou uniforme.

2° Passe corretivo nos pontos mais escuros do seu rosto e onde tem manchas indesejadas ( no caso da menina acima ela passou nas olheiras escuras)

3° Depois do corretivo passe o pó compacto  e assim, sua pele está preparada para receber sombra, blush, iluminador e  riscos que  componham seu look.

 

Riscos e sombras

junho 12, 2008 by

O risco preto na linha interna dos cílios foi usado pelos povos do deserto como forma de proteção contra a forte incidência dos raios solares e também como arma de beleza e sedução. Os egípcios desevolveram o Kohl ( tinta preta semelhante ao delineador) para acentaur seus olhos amendoados. Dá para ver que foi o lhar que inspirou duas importantes formas de maquiagem: o traçado e o esfumaçado.

O Traçado

Esta técnica baseia-se em riscos bem definidos e tem o poder de acentuar o olhar ou muda-lo radicalmente.

O lápis é pastoso e produz um traço bem definido e é muito bom para usar na linha interna dos cílios.

O delineador é mais difícil de utilizar. existem os de plástico que dão mais definição ao look e os que se misturam com água que dão um certo requinte ao traço.

As sombras que se misturam com água são ideais para substituir o lápis.

As tonalidades podem ser preto, cinza e marrom.

O ideal para um olhar marcante é usar o lápis para contornar a linha interna dos cílios superiores e inferiores, ou para sombrear os cantos internos e externos dos olhos. E para delinear a base dos cílios utilizar a sombra diluída emàgua.

Na aplicação procure seguir o formato universal, imitando o amendoado: traço mais fino no canto interno e mais espesso no canto externo.

Blush!

junho 12, 2008 by

Rubor nas faces, pudor, vergonha, excitação ou simplesmente atestado de saúde e bem-estar.

Na década de 30, o rouge marcava as bochechas do carmim ao vermelho puro. Com o passar do tempo, o blush ganhou tonalidades da pele humana e virou um poderod]so instrumento de correção dos contornos e volume do rosto.

Tipos de blush

Pó: fica bem em todos os tipos de pele.

Cremoso: dá aparência de uma pele bem hidratada.

Líquido: fica bem numa pele que não recebeu nenhum tipo de maquiagem anteriormente e dá um efeito natural à pele por causa de sua transparência;

Tonalidades

Para ruborizar usa-se tons róseos, laranjas, vermelhos e púrpuras.

Para corrigir é preferível beges, terrosos e marrons.

Aplicação

Não demarque o território do blush.

Aplique o mínimo do produto e aos poucos ele vai aparecendo, se misturando com a pele.

Se o blush for em pó é bom soprar o pincel para retirar o excesso de produto.

A região certa para o blush depende do tipo de rosto e de look.

O blush pode devolver a naturalidade a uma pele que foi muito trabalhada com base, corretivo e pó.Para isso basta passar o pincel sutilmente, no centro da testa, na base e na linha frontal do nariz, centro da maçã e topo do queixo.

Correções do formato do rosto exigem muita técnica. O blush opaco e escuto encova o rosto . Para saber mais sobre correção consulte a categoria ” Correção”.

 

Maquiagem antialérgica

junho 12, 2008 by

Maquiagem, cremes ou mesmo um sabonete diferente podem desencadear um processo alérgico com um inchaço repentino, especialmente no rosto, onde a pele é bastante sensível. Em outras partes do corpo, o mesmo produto muitas vezes só provoca uma reação de vermelhidão.

E há pessoas que realmente não podem usar nenhum tipo de maquiagem normal pois têm reação alergica e para essas pessoas existem os estojos e produtos proprios para pessoas alérgicas. Mas é sempre bom consultar um dermatologista primeiro e ele vai te indicar os melhores produtos e onde comprar.

E atenção para pessoas que não são alergicas, pois o mau uso da maquiagem também pode desencadiar reação alergica.   O uso incorreto de maquiagem e cremes está entre as principais causas de olho seco, alergia, inflamação, irritação e contaminação da conjuntiva ou córnea entre mulheres.

Cílios e Rimel

junho 12, 2008 by

Aproveite que o Inverno está ai e vamos ousar no rimel e até de rimeis bem coloridos, sempre para dar à mulher um lock mais sensual.

Aqui estão algumas dicas de como usar o rimeL. Para saberes qual o rimel para cada tipo de cílio.

Cílios “bonitos”
Espessos, longos, generosamente curvos e idealmente separados, esses cílios possuem todas as qualidades desejáveis. Em todo o mundo, 20% das mulheres se enquadram na categoria. Essas mulheres procuram uma maquiagem que aperfeiçoe seus cílios de acordo com seus gostos. O objetivo é engrossar, curvar, alongar, ou, ainda melhor: tudo de uma vez só!

Cílios “rebeldes”
Espessos e, com freqüência, difíceis de customizar, tal com cabelos. Nesse caso, o objetivo é domar os cílios, colocá-los em ordem, modelá-los e uniformizá-los, para obter uma franja regular de cílios perfeitamente alinhados e separados.

Cílios “irregularmente espaçados”
Características próprias: uma franja de cílios espaçados irregularmente, apresentando espaços vazios, particularmente no canto interno do olho. A solução ideal: uma máscara para cílios que não acentue essas falhas, mas que, ao invés disso, corrija, deixando, em cada cílio, o mesmo volume.

Cílios “retos”
Sem curvatura, os cílios retos se confundem com a própria borda do olho. Essa característica pode ser totalmente transformada com uma máscara curvadora.

Cílios “enfraquecidos”
Esse tipo de cílios, resultado da combinação de cílios curtos, espaçados e apenas ligeiramente curvos, pode ser corrigido dando intenso volume e alongamento aos cílios.

Cílios “claros”
Louros, louro escuro ou castanho avermelhado, esses cílios são claros demais para contrastarem com o tom da pele. Virtualmente invisíveis, eles parecem mais curtos e menos curvos do que realmente são. A solução não poderia ser mais simples: eles apenas precisam de cor para ser realçados. O resultado pode ser adaptado de acordo com a cor ou a intensidade desejada.

Cílios Postiços

junho 12, 2008 by

É facil aplicar cílios postiços, há diversos tamanhos e formatos no mercado e todos vêm com instruções para colocação.  As opções de modelos são em par de cílios, em fita ou em pequenos tufos individuais.

Escolha sempre marcas conhecidas e de confiança. Uma marca que eu posso sugerir é a Fing´rs, que acaba de lançar no Brasil a sua linha de cílios postiços Wimp´rs, feito de fios de cabelo natural.

Pó compacto com efeito bronzeador

junho 5, 2008 by

Está muito “in” usar pó compacto com efeito bronzeador. Ilumina o rosto e dá um aaparencia dourada.

Estes dois são muito legais mas tem que ter um jeito diferente de usar cada um.

Este da L’Oreal é o melhor!!! É  só passar um pouco como se for um Blush. Na zona “T”, no topo das maçãs, no nariz e queixo. Fica ótimo!!!

Este é da Contém 1 gr. Também é muito bom, mas apesar de ser indicado para todas as tonalidades de pele, numa pele muito branca fica com ar de um bronzeamento artificial muito mal feita. Mas, se usada em tonalidades de pele mais escuras dá um efeito legal se usada em todo o rosto.

 

Como usar iluminador?

junho 5, 2008 by

Em conjunto com o blush, os iluminadores fazem a correção dos volumes e contornos do rosto. Dà um flash de luz nas regiões que se quer ressaltar e dà um polimento final à maquiagem.

Tipos de iluminador

Pode-se  usar depois da base, corretivo e pó. Dú um efeito ótimo.

È legal usar o iluminador líquido quando a pele não for muito trabalhada com pó e base.

 

Opaco: serve para corrigir e reforçã o papel do blush;

Aplicação

É legal passar iluminador com o pincel ou com a ponta dos dedos no centro da testa, base do nariz, topo das maçãs, abaixo das covas das bochechas e no contorno da mandíbula de um jeito discreto e usando uma textura acetinada.

Como usar sombras.

junho 5, 2008 by

                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                

As sombras dão grande destaque para os olhos, principalmente com a junção do rímel e do lápis.

Tipos de sombras:

Sombra em pó –  A mais utilizada, pois além de dar um efeito sombreado, consegue uma passagem quase perfeita do claro ao escuro.

Sombra em pó para ser diluída em água – Requer muita habilidade para impedir que escorra  para as áreas indesejadas, dilua antes, pois não terá o mesmo efeito que sombra em pó.

Sombra líquida – Para ter um efeito “transparente” se utiliza um pincel molhado.

Sombra cremosa – Faz sombreados melhor do que traços, as tonalidades claras são mais simples de conduzir que as escuras, pois estas últimas deixam um erro mais visível.

Sombra gloss – oferece cobertura plástica, pode ser colorida ou transparente.

Sombra em lápis – Mais “melosa”, se você utilizar a ponta dos dedos ficará ótimo, pois obtem um sombreado com rapidez e não corre o risco de ver farelos de sombra embaixo dos olhos!

Riscos nos olhos

junho 5, 2008 by

A utilização de risco nos olhos vem desde a época da antiquidade que utilizavam como forma de proteção à forte incidência de raios solares, já os egípcios utilizavam como forma de sedução, eles desenvolveram o KOHL – uma tinta negra semelhante ao delineador de hoje.

 

 

 

 

 

 

 

 

Tipos de riscos nos dias de hoje:

Lápis – Ideal para a linha interna dos cílios, é pastoso e produz um primeiro traço bem definido.

Delineador – Deve ser bem aplicado, senão fica um desastre! Os de misturar com água deixa o traço mais requintado.

Sombra – As que se misturam com água substituem muito bem o lápis quando se trata de aplicar na base dos cílios superiores e inferiores.

Tonalidades utilizadas – preto (na grande maioria das vezes), cinza e marrom.

fonte: Maquiagem – Duda Molinos/ foto: www.google.com

 

 


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.